Bueno Editora
Realizando sonhos

JapoNegra, uma história de superação, fé e amor!


A paulistana Soraia André, um dos principais nomes do Judô feminino, tem uma história marcada pela resiliência e fé.
Mulher negra, pobre e nascida na periferia, contrariou a todos quando seguiu pelo “Caminho Suave” na década de 1970, época em que o Governo Militar proibiu a prática de artes marciais para mulheres no Brasil.
Esta foi apenas a primeira luta que teve de encarar. Sem qualquer apoio, a judoca fez das dificuldades seu combustível para dar a volta por cima, ganhando 10 campeonatos nacionais, três medalhas pan-americanas e diversos pódios internacionais.
Soraia não se curvou às ideias ditatoriais, nem às agruras da vida. No esporte de origem nipônica, a “Japonegra” escreveu seu nome na história, motivando jovens atletas e, principalmente, mulheres judocas de todo o Brasil a rasgarem a mordaça do preconceito.
Após pendurar o quimono, Soraia André ministra palestras e seminários sobre sua trajetória, reafirmando a relevância do esporte.
Garanta agora o seu exemplar na pré-venda.

Lançamento 10 de novembro de 2016

R$ 50,00